Notícias › 08/09/2017

Dom Canísio: Congresso da Pastoral Familiar reanima lideranças

O Regional Oeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) foi escolhido para sediar e organizar as atividades do XV Congresso Nacional da Pastoral Familiar, que acontece nesta semana de 8 a 10 de setembro, em Cuiabá. O bispo de Sinop (MT) e referencial da Pastoral Familiar no regional, dom Canísio Klaus, falou ao Portal da CNBB sobre a preparação para este evento e suas consequências para o trabalho desenvolvido junto às famílias mato-grossenses.

De acordo com o bispo, para a evangelização das famílias o encontro “traz uma grande contribuição, porque reanima nossas lideranças da Pastoral Familiar e das pastorais afins, bem como os movimentos eclesiais familiares”. Para dom Klaus, o encontro nacional oportunizará uma rica partilha de experiências da Pastoral Familiar e contribuirá para a ação conjunta dos programas e projetos, além de ser “sinal de união e força na luta por mais dignidade da vida em família”.

Para o evento, são esperados mais de 1000 agentes da Pastoral Familiar no Centro de Eventos do Pantanal. Também são esperados no congresso os bispos referenciais da Pastoral e os bispos do Regional Oeste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padres e religiosos.

Esta é a primeira vez que o evento é realizado no regional. “É uma grande bênção para todas as famílias, receber este evento pela primeira vez aqui em Mato Grosso. Com certeza esta preparação e realização do Congresso trouxe e traz um novo alento, nova esperança e muita luz para as famílias”, comentou dom Canísio.

O tema do congresso está em sintonia com as demais reflexões da Pastoral Familiar durante este ano de 2017: “Família, uma luz para a vida em sociedade”. O lema é uma iluminação bíblica: “Vós sois a luz do mundo” (Mt 5, 14). A programação conta com nove palestras cujas temáticas se encontram nos campos de atuação da Pastoral Familiar e que se apresentam no contexto atual de evangelização na Igreja e atuação na sociedade. Serão realizadas celebrações eucarísticas, apresentações teatrais, momentos culturais e de oração, além de testemunho.

Preparação

Durante três anos de preparação para o Congresso, foram envolvidas cerca de 400 pessoas na organização, como lideranças das comunidades, paróquias, dioceses do Regional O2. “Iniciou há três anos com campanhas, coletas, roteiros temáticos e oração, peregrinação com o ícone da Sagrada Família por todas as paróquias e dioceses do regional culminando com a recentemente Assembleia Regional de Pastoral em Cuiabá, no Centro Nova Evangelização, explica.

O bispo de Sinop também faz questão de citar o “grande e abnegado esforço” da Coordenação Regional da Pastoral Familiar e das coordenações diocesanas, dos assessores eclesiásticos, do secretário-executivo do regional Oeste 2 da CNBB, bem como todo apoio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF). “Toda preparação aconteceu com grande espírito de alegria e muito amor, porque a família merece”, afirma.

O coordenador da equipe dirigente do congresso, João Nohama, que desempenha esta atividade ao lado de sua esposa, Acidália de Sousa Nohama, afirma que a preparação do evento está sendo um grande aprendizado: “nos ensina e nos mostra o caminho a seguir sempre mantendo o foco”.

Por CNBB