Notícias › 05/12/2016

Dom Orani diz que Brasil precisa criar cultura contra a corrupção

Milhares de pessoas foram às ruas neste domingo, 4, em 82 cidades do país. Segundo a Polícia Militar, as manifestações reuniram 75 mil pessoas, já os organizadores falam em 487 mil. Os protestos foram contra as mudanças aprovadas pela Câmara dos Deputados no pacote anticorrupção e para defender as investigações da Operação Lava Jato.

O Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, falou nesta segunda-feira, 5, sobre a necessidade de se criar uma cultura contra a corrupção e uma educação de valores.

O cardeal destacou a necessidade de uma discussão e aprofundamento sobre o tema da corrupção. “Sem dúvida, a legislação é importante e necessária, porém é necessário antes de mais nada, criar uma cultura contra a corrupção”.

Dom Orani exemplificou que, ao mesmo tempo que as pessoas ficam revoltadas ao ver notícias de quem se corrompeu, no seu dia a dia o fazem dentro de sua própria vida, no seu emprego, na sua casa e na sociedade. “Vemos a importância que tem uma educação de valores”, destacou.

Assista ao vídeo com o cardeal aqui.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano