Highslide for Wordpress Plugin
Artigos › 09/08/2017

Família, uma luz para a vida em sociedade

Em agosto, do dia 13 a 19, acontece a Semana Nacional da Família, que sempre celebra e anuncia o Evangelho do amor familiar, a vocação de ser e de se ter um lar. Este ano, a reflexão focaliza o grupo familiar como uma luz para a vida social. Sempre é bom repetir e fazer ressoar a convicção: a família não é problema, é solução.

Mais, quando ela se desajusta e desagrega, aí sim, essa realidade tem incidência imediata no esboroamento do tecido social e a consequente sobrecarga de divisões, conflitos e vulnerabilidade social. A crise ética e a corrupção, que carcome a sociedade, levando à crise institucional e ao assalto dos cofres públicos, tem muito a ver com a terceirização da educação familiar, o esquecimento de valores fundamentais e a deformação da consciência.

A falta de um projeto nacional e a política como aparelhamento do poder dominação, tiveram como resultado o esfacelamento e a fragilização do núcleo familiar. Isto nos leva a proclamar alto e de bom tom que, somente com políticas familiares vigorosas e dinâmicas, que respeitem a participação e a mobilização das famílias como sujeitos e atores sociais, conseguiremos sair da situação caótica em que nos encontramos. Nunca será pouco afirmar que o IDF (Índice de Desenvolvimento Familiar), num determinado país, é o indicador mais seguro e saudável do bem comum social.

Pois a família sempre será o melhor e mais valioso recurso para o Estado, o empreendimento mais rentável, o ecossistema e o ambiente mais necessário e vital, a escola do mais rico humanismo, a célula social e comunitária insubstituível, e a Igreja mais forte, porque é a que melhor transparece o Deus Família, Uno e Trino. A salvação da humanidade e o futuro do planeta Terra passam pela proteção, salvaguarda e desenvolvimento integral da família, como comunidade de amor, centrada nos vínculos mais nobres e mais plenamente humanos. Que Nossa Senhora da Conceição Aparecida abençoe, empodere e fortaleça as famílias de nosso querido Brasil. Deus seja louvado!

Por Dom Roberto Francisco Ferreria Paz – Bispo de Campos (RJ)