Highslide for Wordpress Plugin
Guia de visitação

1 – O Presbitério

1 - O Presbitério

Lugar central, sobrelevado – onde está o altar, a Mesa da Eucaristia –, é o espaço em que o sacerdote, diáconos e outros ministros exercem as funções litúrgicas. Dele fazem parte:

O Altar principal: Em destaque no presbitério, na sua parte central, todo em mármore de Carrara, foi presente do Papa Paulo VI à Catedral.

O grande Crucifixo: Atrás do altar principal, coloca-se um enorme crucifixo, Cruz e Cristo esculpidos em madeira de cedro, pelo santeiro brasileiro Miguel Randolfo Ávila, do estado de Minas Gerais.

O Ambão: À direita do altar principal, o ambão – uma coluna de mármore branco, de desenho adequado à Liturgia da Palavra –, é a Mesa da Palavra, de onde se faz a proclamação da Palavra de Deus nos livros sagrados.

A Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida: Padroeira de Brasília e do Brasil, Nossa Senhora da Conceição Aparecida tem a Catedral dedicada a ela. Guardada numa redoma de cristal projetada por Oscar Niemeyer, essa imagem é uma réplica da imagem original – surgida das águas do Rio Paraíba, no interior do estado de São Paulo –, a qual se encontra hoje na Basílica de Aparecida, no mesmo estado. Após visitar todas as capitais brasileiras, a imagem foi entregue à Catedral em 12 de outubro de 1967, por ocasião da Consagração do Templo, pelas mãos de D. Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta – primeiro Arcebispo de Aparecida e primeiro Cardeal de São Paulo.

Incrustadas na parte frontal do Altar, as letras JHS são um monograma do nome JESUS, um dos mais antigos símbolos cristãos, livremente interpretado como Jesus Hominum Salvator (“Jesus, Salvador dos Homens”). Na parte posterior do altar, nova incrustação retrata um peixe, outro símbolo cristão dos primeiros séculos do cristianismo. A palavra Ichthys (peixe em grego), é um acrônimo de Iesus Christus Theou Yicus Soter, “Jesus Cristo Filho de Deus Salvador”. Perseguidos, os cristãos se reconheciam entre si por esse símbolo.

Confira também: