Highslide for Wordpress Plugin
Guia de visitação

1 – O Templo

1 - O Templo

Principal Templo Católico de Brasília, a Catedral é dedicada a Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Padroeira do Brasil e de Brasília. Constitui uma das mais expressivas edificações da Capital, beleza não só religiosa, nos seus significados e símbolos cristãos. Joia arquitetônica e artística, foi escolhida pelo povo brasiliense maravilha número um da cidade.2

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, desenha-se em linhas arquitetônicas singulares e originais, e guarda as marcas características do seu arquiteto: concreto armado, vidro e espelhos d’água.

Descritivamente, ocupa uma área circular de 70 metros de diâmetro. Sua cobertura é sustentada por 16 colunas de concreto, num formato hiperbólico, medindo, cada uma, 42 metros de altura e pesando 90 toneladas.

Figurativamente, o próprio Niemeyer resume: “Pensei que a catedral pudesse refletir, como uma grande escultura, uma ideia religiosa, um momento de oração, por exemplo. Projetei-a circular, com colunas curvas, que se elevam para o céu, como um gesto de reclamo e comunicação.” (NIEMEYER, OSCAR, apud MÜLLER, 2002, A Catedral de Brasília, 1958-1970: Redução e Redenção. Excerto de dissertação de mestrado do autor, intitulada O Templo Cristão na modernidade. Cadernos de Arquitetura e Urbanismo; Belo Horizonte, v.10, n.11, p. 9-33, dez. 2003.)3

Essa escolha foi realizada por votação popular, via Internet, promovida pelo Bureau Internacional das Capitais Culturais e o Governo do Distrito Federal, em 2008. Participaram 22.971 pessoas, obtendo a Catedral o significativo número de 9000 votos. Pela ordem: A Catedral, o Congresso Nacional, o Palácio da Alvorada, o Templo da Boa Vontade, o Santuário D. Bosco, a Ponte JK.
3 NIEMEYER, OSCAR, apud MÜLLER, 2002, A Catedral de Brasília, 1958-1970: Redução e Redenção. Excerto de dissertação de mestrado do autor, intitulada O Templo Cristão na modernidade. Cadernos de Arquitetura e Urbanismo; Belo Horizonte, v.10, n.11, p. 9-33, dez. 2003.

Confira também: