Palavra do Pastor › 06/12/2016

III Domingo do Advento

Alegrai-vos! O Senhor está perto!

11/12/2016

O terceiro Domingo do Advento é denominado “Domingo da Alegria” ou “Domingo Gaudete”. A palavra latina gaudete vem da antífona de entrada da missa de hoje, “Gaudete in Domino”, isto é, Alegrai-vos no Senhor, extraída da Carta de S. Paulo aos Filipenses (Fl 4,4s). O motivo dessa alegria é declarado logo a seguir: “O Senhor está perto!” Por isso, nas celebrações litúrgicas deste domingo, pode-se utilizar a cor rósea para melhor exprimir a alegria que acompanha a espera do Senhor.

O anúncio de que Deus vem para salvar, traz ânimo, esperança e alegria para o povo sofrido, conforme a profecia de Isaías. Na Liturgia da Palavra, as imagens utilizadas para expressar a vinda do Senhor são carregadas de esperança: “a terra que era deserta e intransitável” vai “florescer como um lírio” (Is 35,1) e o “agricultor espera o precioso fruto da terra e fica firme até cair a chuva” (Tg 5,7). A alegria se torna plena com os sinais da chegada da salvação em Jesus Cristo. Segundo o Evangelho, em Jesus se realizam os sinais anunciados pelo profeta Isaías: “os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados” (Mt 11,5). Esses sinais realizados por Jesus revelam que ele é o Messias anunciado pelos profetas e esperado pelo povo, em resposta à pergunta dos discípulos de João. Muitos esperavam um messias-rei poderoso, diferente do modo como Jesus se apresentava. Por isso, ele afirma que é “feliz aquele que não se escandaliza” por causa dele (Mt 11,6).

Neste Advento, continuam a ecoar as palavras de Isaías ao povo: “Criai ânimo, não tenhais medo!” (Is 35,4). Somos convidados a levar a esperança a todos, especialmente aos que mais sofrem. Nossa esperança se fundamenta na fé em Deus que vem nos visitar e permanecer conosco. É ele quem fortalece as mãos enfraquecidas e firma os joelhos debilitados (cf. Is 35,3). Entretanto, ele conta conosco, esperando a nossa resposta ao seu chamado à conversão, reproposto pela Igreja neste Advento, segundo a Carta de S. Tiago: “ficai firmes e fortalecei vossos corações”, evitando a murmuração e o julgamento contra o próximo (Tg 5,8).

A Igreja necessita anunciar, cada vez mais, o Evangelho que nos traz vida e esperança. Por isso, durante o Advento, promove a Campanha para a Evangelização, procurando despertar a participação de todos na ação evangelizadora. Neste Domingo, realiza-se a coleta nacional para a evangelização, sinal de comunhão eclesial e de corresponsabilidade na promoção e sustentação da evangelização. Participe! Ajude a Igreja a evangelizar!

Sergio da Rocha

Arcebispo de Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *