Highslide for Wordpress Plugin
Palavra do Pastor › 11/06/2017

Solenidade da Santíssima Trindade

Nesta solenidade, celebramos o mistério de um só Deus que se revela em três pessoas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo. A fé trinitária nos acompanha desde o Batismo, realizado em nome da Santíssima Trindade, e se expressa continuamente através da oração, especialmente do Creio e do sinal da cruz. Ao fazer o sinal da cruz, demonstramos crer no Deus Trindade, a ele confiando a nossa vida.

O mistério da Santíssima Trindade encontra-se revelado na Sagrada Escritura. A palavra “mistério” não significa algo obscuro e complicado, pois Deus é amor. A Santíssima Trindade expressa o mistério do amor de Deus por nós, que se revela na Bíblia e se manifesta em nossa vida. O Deus Uno e Trino é o Deus-conosco! Segundo a passagem proclamada na primeira leitura, Deus é “misericordioso e clemente, paciente, rico em bondade e fiel” (Ex 34,7). Conforme o Evangelho, o amor de Deus se manifestou na cruz salvadora do Filho, que não foi enviado para condenar o mundo, mas “para que o mundo seja salvo por ele” (Jo 3,17).

Por mais que possa ser conhecido ou experimentado, o amor de Deus permanece “mistério” inesgotável a ser acolhido na fé. Por isso, a fé na Santíssima Trindade deve ser alimentada pela experiência permanente do encontro com o Deus vivo, do diálogo orante e da acolhida do seu amor misericordioso. A comunhão trinitária se manifesta na vida da Igreja. Somos chamados a viver em comunhão, testemunhando a fé na Santíssima Trindade através da participação e da comunhão na vida da Igreja, especialmente na Eucaristia.

Na próxima quinta feira, 15 de junho, estaremos celebrando a solenidade de Corpus Christi, manifestação pública da fé na presença de Jesus no Santíssimo Sacramento e de unidade da Igreja. Somos todos convidados a participar da missa e da procissão de Corpus Christi, na Esplanada dos Ministérios, às 17 h, reunindo o clero e todas as paróquias da Arquidiocese de Brasília. Participe e convide outras pessoas para essa celebração. Corpus Christi é sinal de unidade e de paz num espaço urbano que tem sido tristemente marcado pela violência. Sejamos pessoas e comunidades eucarísticas que promovem a comunhão e a paz. O Pão eucarístico seja o alimento para os que querem trilhar os caminhos do amor, da justiça e da paz.

Neste domingo, realizamos a Jornada Arquidiocesana do Dízimo, valorizando o dízimo como sinal de comunhão, partilha e corresponsabilidade, como expressão de gratidão a Deus, instrumento de evangelização e principal fonte de sustentação da comunidade. Nossa cordial gratidão aos dizimistas e a todos os que trabalham na Pastoral do Dízimo, suplicando as bênçãos de Deus para todos!

Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *