Highslide for Wordpress Plugin
Notícias da paróquia › 30/05/2017

Missa celebra os 47 anos da Dedicação da Catedral de Brasília

Na próxima quarta-feira, 31 de maio, a Arquidiocese de Brasília promove uma Missa em Ação de Graças pelo 47º ano da dedicação da Igreja Mãe de Brasília, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. A Celebração será realizada, às 12h15, e será presidida pelo bispo auxiliar de Brasília, dom Marcony Ferreira.

A dedicação da Catedral ocorreu no mesmo dia da sua inauguração oficial, em 31 de maio de 1970. O rito foi realizado durante o VIII Congresso Eucarístico Nacional. Cerca de 500 pessoas participaram da cerimônia. Entre os convidados estavam o então presidente da República, Emílio Garrastazu Médici, a primeira dama, dona Scyla, autoridades eclesiásticas e os fiéis. A dedicação foi feita pelo cardeal arcebispo dom Eugênio Sales.

A dedicação de uma Igreja ou Catedral se dá, normalmente, quando a construção do templo chega ao fim. A celebração que marca a inauguração oficial é a dedicação. Toda igreja é dedicada por excelência à Santíssima Trindade, a Nosso Senhor Jesus Cristo e seus títulos; ao Espírito Santo, a Santíssima Virgem, aos Santos Anjos, aos santos inscritos no Martirológio Romano.  No rito de dedicação o bispo ou arcebispo local consagra a Deus todo o templo e tudo que nele se encontra como o altar, sinos (se houver), imagens, bancos, paredes, pia batismal, aparatos litúrgicos, em fim, tudo que pertence àquele templo.

O ritual torna o templo sagrado para o culto a Deus, como informa o Diretório Litúrgico da CNBB. (cf. Diretório da Liturgia, p.19).

“Por ser edifício visível, esta casa aparece como sinal peculiar da Igreja peregrina na terra e imagem da Igreja que habita nos céus. Convém, pois, que, ao se erigir um edifício única e estavelmente destinado à reunião do povo de Deus, e à celebração das ações sagradas, seja esta Igreja dedicada ao Senhor em rito solene, segundo antiquíssimo costume”. “Todas as Igrejas sejam dedicadas ou ao menos abençoadas. Contudo, as Igrejas catedrais e paroquiais sejam solenemente dedicadas pelo bispo diocesano ou alguém por ele delegado, e a cada ano a comunidade celebre solenemente o dia da dedicação de sua Igreja”. (…) Para se realçar a importância e a dignidade da Igreja local, o Ofício do Aniversário da Dedicação da Igreja Catedral terá o grau de solenidade na própria igreja catedral e de festa nas outras igrejas da diocese, na data em que foi dedicada… Convém que nesse dia o bispo concelebre a Eucaristia na igreja catedral com o cabido dos cônegos ou o Conselho presbiteral, com a maior frequência possível de fieis. ”(nn. 2 e 26)

Toda a comunidade está convidada a participar!

 

Por Kamila Aleixo