Notícias › 10/10/2016

OMS lança hoje campanha sobre depressão

Nesta segunda-feira, 10, data em que se recorda o Dia Mundial da Saúde Mental, a Organização Mundial da Saúde (OMS) dá início a uma campanha sobre depressão, que tem como slogan “Vamos falar sobre depressão”.

O tema foi escolhido para o Dia Mundial da Saúde 2017, a ser celebrado em 7 de abril, visto que a depressão afeta pessoas de todos os países, diversas idades e condições sociais e é um problema que pode ser prevenido e tratado.

“[Um mal] que provoca angústia mental e afeta a capacidade das pessoas para realizar até mesmo as tarefas cotidianas mais simples, que às vezes tem efeitos negativos nos relacionamentos com a família, amigos e sobre a capacidade de ganhar a vida. No pior dos casos, a depressão pode levar ao suicídio, que atualmente é a segunda causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos de idade”, indica o comunicado no site da OMS.

Entre os sintomas associados à depressão está a tristeza persistente, perda de interesse em atividades que normalmente gosta, perda de energia, mudanças de apetite, ansiedade, diminuição da concentração, indecisão, inquietação, sentimentos de inutilidade, culpa ou desesperança, pensamentos de autoagressão ou suicídio.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma melhor compreensão do que é a depressão e como ela pode ser prevenida e tratada ajudará a reduzir o estigma associado a esta enfermidade e levará ao aumento no número de pessoas que pedem ajuda.

O foco da campanha é a importância de falar sobre a depressão como componente vital da cura. Segundo a OMS, a estigmação (termo da psicologia que trata os tabus da mente humana) das enfermidades mentais, incluindo a depressão, continua a ser um obstáculo para que as pessoas em todo o mundo procurem um auxílio.

“Conversar com uma pessoa de confiança pode ser o primeiro passo para curar-se”, enfatiza o texto da campanha.

Por Canção Nova, com OMS