Notícias › 12/12/2016

Papa condena “hediondos” ataques terroristas em vários países

Após o Angelus deste domingo, 11, o Papa Francisco rezou pelas vítimas dos “hediondos ataques terroristas” que nas últimas horas atingiram vários países, com uma palavra especial aos que morreram no ataque contra a catedral copta ortodoxa de São Marcos, no Egito.

“Quero exprimir uma proximidade particular ao meu caro irmão Papa Tawadros II e à sua comunidade, rezando pelos mortos e os feridos”, disse o Santo Padre.

Uma explosão na catedral de São Marcos, sede da comunidade copta ortodoxa no Cairo, matou neste domingo, 11, pelo menos 22 pessoas, de acordo com a televisão estatal egípcia.

Já na Turquia, uma série de ataques perto do estádio do Besiktas, este sábado, provocaram até ao momento 38 mortos e quase 166 feridos, incluindo vários policiais.

No Iêmen, 45 soldados foram mortos e 50 ficaram feridos num atentado suicida numa base militar em Aden.

Esta manhã, um ataque com um carro-bomba fez vários mortos em Mogadíscio, capital da Somália.

O Papa Francisco afirmou, perante os peregrinos e visitantes reunidos no Vaticano, que se os países atingidos são muitos, “infelizmente, é única a violência que semeia morte e destruição”.

“A resposta também é única: fé em Deus e unidade nos valores humanos e civis”, concluiu.

Por Canção Nova, com Agência Ecclesia