Notícias › 16/01/2017

Papa pede ‘proteção, defesa e integração’ de crianças migrantes

Diante das milhares de pessoas presentes na manhã deste domingo (15/01) na Praça São Pedro, o Papa pediu a adoção de “todas as medidas possíveis para garantir proteção, defesa e integração para as crianças migrantes”.

No Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, dedicado este ano ao tema “Migrantes de menor idade, vulneráveis e sem voz”, o Pontífice denunciou os perigos aos quais “estes pequenos irmãos, especialmente quando desacompanhados, estão expostos.

O encontro de culturas e o respeito das leis

“Saúdo especialmente os representantes de comunidades étnicas aqui presentes. Queridos amigos, desejo que possam viver com serenidade nas localidades que os acolhem, respeitando suas leis e tradições e, ao mesmo tempo, mantendo os valores de suas culturas originais. O encontro entre culturas diferentes é sempre um enriquecimento para todos!”.

Francisco fez um agradecimento público ao Setor ‘Migrantes’ da Diocese de Roma e a todos os que trabalham com os migrantes acolhendo-os e acompanhando-os em suas dificuldades.

Encorajando-os a prosseguirem esta obra, o Papa mencionou Santa Francisca Xavier Cabrini, morta 100 anos atrás, padroeira dos migrantes:

“Esta religiosa, corajosa, dedicou sua vida e levar o amor de Cristo àqueles que estavam distantes de suas pátrias e famílias. Que seu testemunho nos ajude a cuidar do irmão estrangeiro, no qual Jesus está presente, e que muitas vezes sofre, é humilhado e repelido. Quantas vezes na Bíblia o Senhor nos pede para acolher os migrantes e os estrangeiros, recordando-nos que nós também somos estrangeiros”.

A mensagem do Papa para o Dia Mundial do Migrante e do Refugado foi publicada em 13 de outubro de 2016.

Por Rádio Vaticano