Notícias › 04/11/2016

Papa preside Missa em memória aos cardeais e bispos falecidos

afp5949087_articoloO Papa Francisco presidiu nesta sexta-feira, 4, a Santa Missa em memória aos cardeais e bispos falecidos ao longo do ano, recordando o testemunho cristão e sacerdotal que deixaram.

“Estes nossos irmãos chegaram à meta, depois de ter servido à Igreja e amado o Senhor Jesus”, disse Francisco, acrescentando que esta é a fé no amor de Cristo, da qual nada pode separar. “Sabiam bem que a nossa peregrinação terrena termina na casa do Pai celeste e que só ali se encontra descanso e paz”.

Francisco explicou que o caminho para a casa do Pai começa no dia em que se abre os olhos à luz e, mediante o Batismo, à graça. Para padres e bispos, um momento especial deste caminho é quando dizem o “eis-me aqui” durante a ordenação e a partir de então estão unidos de modo especial a Cristo.

“Os cardeais e bispos que hoje recordamos na oração, por toda a sua vida, especialmente depois de tê-la consagrada a Deus, se dedicaram a testemunhar e doar aos outros o amor de Jesus. E com a palavra e exemplo, exortaram os fiéis a fazerem o mesmo”.

Estes pastores se doaram e se sacrificaram, a exemplo de Cristo, pela salvação do povo a eles confiado, disse o Papa. Muitos deles fizeram isso de maneira heroica, suportando pesadas tribulações. Agora, o que se deve fazer é rezar por eles e pedir a Deus que os faça resplandecer para sempre no seu reino de luz.

“À luz do mistério pascal de Cristo, a morte deles é, na verdade, o ingresso na plenitude da vida. Nesta luz de fé, nos sentimos ainda mais próximos aos nossos irmãos falecidos: a morte aparentemente nos separou, mas o poder de Cristo e do seu espírito nos une de modo ainda mais profundo”.

Por Canção Nova