Notícias › 25/11/2016

Pregação do Advento: o espírito fonte de esperança

“Bebamos, sóbrios, a embriaguez do Espírito”. É o tema das quatro meditações que o pregador da Casa Pontifícia, o capuchinho Frei Raniero Cantalamessa, irá realizar – na presença do Papa Francisco – na sexta-feira da primeira semana de Advento, 2 de dezembro, na segunda, 9 de dezembro, na terceira, 16 de dezembro, e na quarta, 23 de dezembro, na capela Redemptoris Mater do Palácio Apostólico.

“Na reflexão teológica – sublinha o religioso explicando a escolha do tema – se afirma cada vez mais o que é chamada “a teologia do terceiro artigo”, isto é, o artigo do Credo sobre o Espírito Santo”.

Trata-se de uma “corrente – acrescenta Frei Cantalamessa – que não pretende substituir-se à teologia tradicional, mas sim caminhar ao lado e vivificá-la”, propondo-se “de fazer do Espírito Santo não apenas o objeto do Tratado que lhe diz respeito, mas, por assim dizer, a atmosfera em que se desenvolve toda a vida da Igreja e, em particular, cada pesquisa teológica”.

“Nesta linha – conclui o capuchinho – as meditações do Advento são destinadas a refletir sobre o Espírito Santo como a novidade teológica e espiritual mais importante do pós-concilio e a principal fonte de esperança da Igreja”.

Foram convidados a participar das quatro pregações, que terão início às 9 horas, os cardeais, os arcebispos e os bispos, os secretários de congregações, os prelados da Cúria Romana e do Vicariato de Roma, os superiores gerais e os promotores das ordens religiosas que fazem parte da Capela Pontifícia.

Por Rádio Vaticano