Evangelho do dia › 17/12/2016

ÚLTIMOS DIAS ANTES DO NATAL – 17 de dezembro Advento

1ª Leitura – Gn 49,2.8-10

O cetro não será tirado de Judá.
Leitura do Livro do Gênesis 49,2.8-10 Naqueles dias, Jacó chamou seus filhos e disse:
2 Juntai-vos e ouvi, filhos de Jacó,
ouvi Israel, vosso pai!
8 Judá, teus irmãos te louvarão;
pesará tua mão sobre a nuca de teus inimigos,
se prostrarão diante de ti os filhos de teu pai.
9 Judá, filhote de leão:
subiste, meu filho, da pilhagem;
ele se agacha e se deita como um leão,
e como uma leoa; quem o despertará?
10 O cetro não será tirado de Judá,
nem o bastão de comando dentre seus pés,
até que venha Aquele a quem pertencem,
e a quem obedecerão os povos’.
Palavra do Senhor.

Salmo – S. 71 (72), 1-2. 3-4ab. 7-8. 17 (R. Cf. 7)

R. Nos seus dias a justiça florirá
e paz em abundância, para sempre.
1 Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, *
vossa justiça ao descendente da realeza!
2 Com justiça ele governe o vosso povo, *
com eqüidade ele julgue os vossos pobres. R.

3 Das montanhas venha a paz a todo o povo, *
e desça das colinas a justiça!
4a Este Rei defenderá os que são pobres, *
4b os filhos dos humildes salvará. R.

7 Nos seus dias a justiça florirá *
e grande paz, até que a lua perca o brilho!
8 De mar a mar estenderá o seu domínio, *
e desde o rio até os confins de toda a terra! R.

17 Seja bendito o seu nome para sempre! *
E que dure como o sol sua memória!
Todos os povos serão nele abençoados, *
todas as gentes cantarão o seu louvor! R.

Evangelho – Mt 1,1-17

Genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 1,1-17 

1 Livro da origem de Jesus Cristo,filho de Davi, filho de Abraão.
2 Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó;
Jacó gerou Judá e seus irmãos.
3 Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar.
Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram;
4 Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson;
Naasson Gerou Salmon;
5 Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab.
Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute.
Obed gerou Jessé.
6 Jessé gerou o rei Davi.
Davi gerou Salomão,
daquela que tinha sido a mulher de Urias.
7 Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias;
Abias gerou Asa;
8 Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão;
Jorão gerou Ozias;
9 Ozias gerou Joatão; Joatão gerou Acaz;
Acaz gerou Ezequias;
10 Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon;
Amon gerou Josias.
11 Josias gerou Jeconias e seus irmãos,
no tempo do exílio na Babilônia.
12 Depois do exílio na Babilônia,
Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel;
13 Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim;
Eliaquim gerou Azor;
14 Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim;
Aquim gerou Eliud;
15 Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã;
Matã gerou Jacó.
16 Jacó gerou José, o esposo de Maria,
da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo.
17 Assim, as gerações desde Abraão até Davi são quatorze;
de Davi até o exílio na Babilônia, quatorze;
e do exílio na Babilônia até Cristo, quatorze.
Palavra da Salvação.

Reflexão – Mt 1, 1-17

A vinda de Jesus ao mundo foi precedida de uma história: a história do povo de Israel, que tem o seu início com Abraão, desenvolve-se até atingir o seu apogeu com o Rei Davi, depois entra em declínio até atingir o seu ponto mais baixo com Josias e o exílio da Babilônia, para depois evoluir até chegar à plenitude dos tempos com a Jesus, Deus presente e atuante na história dos homens, que vai ser a realização da promessa a Abraão que nele serão abençoadas todas as nações da terra e a salvação chega para todos os povos com a libertação do pecado e da morte e a presença do próprio Deus na vida de todos nós.

Fonte: CNBB