Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Análise de conjuntura feita por coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida

Os membros do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), reunidos em Brasília, nesta terça-feira, dia 25 de outubro, ouviram uma exposição sobre a Dívida Pública Brasileira feita pela coordenadora nacional da associação Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli [foto]. A auditora aposentada do Ministério da Fazenda falou que, na prática, quase a metade do orçamento federal é “sangrado” para destinação ao setor financeiro e apelou à CNBB para que coloque a temática em debate, uma vez que tem pouca visibilidade na mídia.

Maria Lúcia explicou que a questão da temática da dívida pública tem sido abordada pelo movimento desde um plebiscito ocorrido no ano 2000, sobre a Dívida Externa. “Nós temos nos dedicado a estudar esse tema, aprofundar e verificar que dívida é essa, o que está por trás disso e nós conseguimos chegar a determinar que está existindo, não só no Brasil, mas no mundo todo, o que chamamos de ‘sistema da dívida’, um mecanismo que sangra os orçamentos públicos para destinar esses recursos para o setor financeiro. Aqui no Brasil, quase a metade do orçamento federal foi sangrado para este mecanismo da dívida pública”, denuncia.

Para a especialista, que apresentou aos bispos gráficos e documentos que comprovam a necessidade de auditoria da dívida pública, “é um escândalo”, o fato de, na conjuntura de recessão como a de 2015, com queda em vários setores econômicos, o lucro dos bancos ser maior que no ano anterior. No último ano, os bancos no Brasil lucraram R$ 96 bilhões e fizeram uma reserva de R$ 183,7 bilhões, de acordo com Maria Lúcia.

Maria Lúcia fez um apelo à CNBB para que aborde a temática em suas diversas instâncias. Para ela, a capilaridade da Conferência poderá fazer a diferença, em termos de conscientização popular, de construção de um outro modelo que venha garantir vida digna para todas as pessoas no Brasil. “Isso é urgente, isso é necessário. O Brasil, um dos países mais ricos do planeta, precisa dar esse passo”, sinalizou.

O movimento da Auditoria Cidadã da dívida realiza, desde 2001, estudos, publicações, eventos, além de atividades para a mobilização de entidades da sociedade civil nacional e internacional voltados para o objetivo de realizar, de forma cidadã, auditoria da dívida pública brasileira, interna e externa, federal, estaduais e municipais.

Por CNBB

2016-10-25T19:37:53-03:0026/10/2016|
Abrir chat
Powered by