Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Católicos políticos sul-americanos de 5 países debatem com os bispos

Realiza-se desta quarta até sexta-feira,10 a 12 de abril, em Marianela (Atyra), no Paraguai, o encontro de católicos com responsabilidades políticas a serviço dos povos do Cone Sul latino-americano. O encontro reúne cerca de 80 participantes, políticos católicos engajados em vários âmbitos da vida pública na Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai, os quais dialogarão com alguns bispos, arcebispos e cardeais latino-americanos.

Iniciativa promovida pelo Celam

A iniciativa é promovida pelo Celam (Conselho Episcopal latino-Americano) e pela Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL), dando sequência a um encontro precedente, realizado em 2017 em Bogotá, na Colômbia do qual participou uma centena de políticos e pastores, a fim de renovar a consciência da importância deles “de discípulos missionários na vida pública”, num clima de escuta e diálogo recíproco, como estabelecido pelo Documento final da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe, realizada em maio de 2007 em Aparecida, São Paulo. Outros encontros se seguirão a este do Paraguai, entre políticos católicos e pastores, nas várias regiões do subcontinente.

Contribuição da Igreja para o diálogo

O programa deste encontro prevê a troca de experiências, testemunhos e reflexões sobre experiências dos leigos católicos que assumem responsabilidades públicas a serviço dos povos latino-americanos, numa atitude de escuta e de diálogo com os bispos. Tudo isso para encontrar os modos mais apropriados para valorizá-los, acompanhá-los e apoiá-los.

Durante os três dias de trabalho serão evidenciadas as considerações críticas sobre a realidade democrática dos países do Cone Sul, as prioridades e os desafios para uma política democrática segundo o Magistério do Papa Francisco e do episcopado latino-americano, a contribuição da Igreja para o diálogo e o pluralismo na vida política, e a inculturação da Doutrina social da Igreja.

Desafios da atualidade

Além das duas mesas-redondas no centro do programa sobre “o que os políticos dizem aos pastores?” e sobre “o que os pastores dizem aos políticos?”, durante o encontro serão debatidas igualmente uma série de temáticas de grande atualidade que constituem também desafios: identidade e integração latino-americana; proteger a vida, o matrimônio e a família; educação; crescimento econômico com justiça e equidade; inclusão dos setores marginais e “descartados”; políticas para a geração plena de empregos; promoção da participação popular; cuidado da casa comum; combate ao tráfico de drogas, à corrupção e à violência; construção da paz; e busca do bem comum.

Via Vatican News

2019-04-08T08:51:10-03:0008/04/2019|
Abrir chat
Powered by