Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Concluída reunião do C9: formação e relação Cúria Romana e bispos locais

Realizou-se de segunda até ontem, quarta-feira (26/04), no Vaticano, a XIX reunião dos Cardeais conselheiros (C9) com o Papa Francisco. Durante as sessões de trabalho – realizadas tanto pela manhã quanto pela tarde – discutiu-se, em particular, sobre a Congregação para a Evangelização dos Povos (Propaganda Fide) e sobre o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização.

O porta-voz vaticano, Greg Burke, falou na Sala de Imprensa da Santa Sé – da qual é diretor – sobre os trabalhos destes dias realizado pelo C9.

Foram examinados alguns textos a ser propostos ao Pontífice acerca do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, o Pontifício Conselho para os Textos Legislativos, e três tribunais: a Penitenciaria Apostólica, o Supremo Tribunal da Signatura Apostólica e o Tribunal da Rota Romana.

Trata-se de modificações que não levarão a verdadeiras mudanças, mas a atualizações, explicou Burke. Foi também dada atenção à seleção e formação daqueles que trabalham na Santa Sé, leigos e clérigos.

A questão foi tratada pela Secretaria de Estado, pelo Conselho para a Economia e o Departamento do Trabalho da Sé Apostólica. A propósito, eis o disse o porta-voz vaticano:

“Creio que seja uma coisa fundamental e que o Papa tem claramente muito a peito: a cultura, a cultura no seio da Santa Sé e o espírito de serviço, sem dúvida. Portanto, se verá como se dará a seleção e a formação dos que trabalham no Vaticano. É preciso sempre recordar que não se trata apenas de um posto de trabalho, mas um serviço ao Santo Padre, um serviço à Santa Sé.”

O prefeito da Secretaria para a Economia, Cardeal George Pell, informou sobre os trabalhos realizados pelo dicastério, detendo-se com atenção sobre o acompanhamento das despesas do ano em curso.

Depois foi a vez do Cardeal Sean O’Malley, na qualidade de presidente, informar sobre o trabalho da Pontifícia Comissão para a proteção dos menores, com particular atenção para: programas de educação globais, última reunião plenária e visitas a vários dicastérios. Outro tema importante abordado pelo C9 foi o da descentralização da relação entre Conferências episcopais e Cúria Romana, como explicitou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé:

“Vimos como mudaram as visitas ad Limina: o Papa fala sem texto com os bispos, aos quais não é entregue o discurso. E se vê que estão estudando modos para ser mais eficazes, mais a serviço dos bispos e das Conferências episcopais, e como o Papa deseja ser mais eficaz, mais em diálogo com os bispos e quer que também a Cúria proceda desse modo. Por outro lado, há o estudo sobre as competências, as faculdades, que talvez poderão passar, em algumas situações, da Cúria Romana para os bispos locais.”

A próxima reunião do Conselho dos cardeais está prevista para os dias 12, 13 e 14 de junho próximo.

Por Rádio Vaticano

2017-04-27T08:55:06-03:0027/04/2017|
Abrir chat
Powered by