Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Dom Fisichella: santuário, uma autêntica forma de nova evangelização

Com um Motu Proprio, o Papa Francisco confiou ao Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização as competências sobre a pastoral relativa aos Santuários,  o que inclui a tutela e valorização dos mesmos. A este respeito, eis o que declarou aos microfones da Rádio Vaticano o Presidente deste dicastério vaticano, o Arcebispo Rino Fisichella:

“Antes de tudo somos agradecidos ao Papa que pensou no Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização como destinatário deste grande espaço na piedade popular e na fé da Igreja, representado pelos santuários. Como o próprio Papa afirmou, nos Santuários se busca a companhia dos santos, a proximidade a Cristo, a proteção da Virgem Maria. Os santuários são realmente, sobretudo em nossos dias, um lugar privilegiado para o anúncio do Evangelho. E penso que nós acolhemos isto também como um grande desafio, o desafio, isto é, de corresponder com uma linguagem nova, com novas possibilidades de evangelização que provém destes lugares onde a piedade popular vê e reencontra plenamente aquelas expressões basilares da própria fé”.

RV: Também a beleza dos santuários é um caminho de evangelização…

“Os santuários, também o diz o Papa Francisco, representam uma expressão da beleza, beleza que é o fruto da fé dos séculos precedentes. Quantas pessoas, existem milhões, milhões que a cada ano frequentam os nossos santuários! E estes milhões de pessoas são movidos pelos desejos mais diversos possíveis: existem aqueles fiéis que frequentam os santuários históricos mais conhecidos, mas também existe muita gente, muita gente que vai porque atraída pela beleza dos santuários ou porque atraídas pela beleza da paisagem ou porque sentem um desejo no mais profundo do coração. Eu acredito que o esforço, o trabalho, a acolhida, o testemunho, o modo de rezar, a que os santuários são chamados a ser, representam uma autêntica forma de nova evangelização”.

Por Rádio Vaticano

2017-04-04T09:28:54-03:0004/04/2017|
Abrir chat
Powered by