Artigos › 23/04/2019

E aí? Você vai fazer o que Jesus Ressuscitado nos pediu?

Tem uma coisa que Jesus sempre nos pede para fazer. Na verdade, durante a Páscoa ele nos implora por isso. Ele não diz para celebrarmos sua ressurreição, lembrarmos de sua ressurreição ou retratarmos sua ressurreição – embora tenha certeza de que ele aprecia essas três coisas. Ele diz pra gente contar às pessoas sobre a ressurreição.

Pedro entendeu o pedido de Jesus

Nas Missas da segunda-feira de Páscoa, quando Jesus diz a Maria Madalena “Não tenha medo. Vá contar aos meus irmãos” e também no sábado de Páscoa, quando ele disse aos apóstolos: “Vá ao mundo inteiro e proclame o Evangelho a toda criatura”, o Senhor deixa claro seu desejo.

Enquanto isso, a Igreja vive o Evangelho de cada dia através do exemplo de Pedro, que proclamou a ressurreição em vários lugares diferentes, de várias maneiras diferentes, mas sempre sem medo.

Imagine o que aconteceria se fôssemos todos mais destemidos

Os apóstolos de Jesus estavam tão convencidos da ressurreição que eles não puderam deixar de contar aos outros. A mensagem foi longe, e começou um movimento mundial que sobreviveu ao Império Romano, ao Sinédrio e aos fariseus, que conspiraram contra Jesus.

A mensagem forneceu a fé em Deus necessária para estabelecer o método científico e a preocupação com os outros.

Depois que as pessoas começaram a contar sobre a ressurreição e a se convencer dela, surgiram redes de hospitais, orfanatos e as maiores organizações de caridade do mundo.

A mensagem da ressurreição de Cristo levou a uma apreciação do corpo, que revolucionou a arte. Contar a história de Jesus mudou a literatura: de Agostinho a Tolkien ela inspira grandes roteiros até hoje.

Definir a Igreja como o corpo do Cristo ressuscitado inspirou uma grande arquitetura, que resultou na catedral de Notre Dame – e pode inspirar os arquitetos novamente hoje.

Mas se não dissermos nada, ninguém saberá das possibilidades libertadoras que Jesus oferece. Pense em todas as dores que poderiam ser evitadas se nós não fôssemos tão tímidos.

A mensagem da ressurreição liberta as pessoas de muita coisa

Nossa sociedade está falhando em dar às pessoas um senso de propósito. Mais de 130 pessoas morrem diariamente de overdose de drogas. Quantos teriam se beneficiado por ouvir de um testemunho de que o próprio Deus veio à Terra e depois ressuscitou dos mortos para provar seu amor por nós?

Nossa sociedade está perdendo a sensação de que a vida tem significado. O suicídio é a segunda causa mais comum de morte entre jovens de 10 a 34 anos e a quarta entre as pessoas de 35 a 54 anos de idade. Quantos teriam encontrado esperança em saber que Jesus promete sua própria ressurreição um dia também?

“A solidão e o isolamento social podem representar um maior risco à saúde pública do que a obesidade, e seu impacto vem crescendo e continuará a crescer”, diz um estudo recente citado por Tim Carney em seu livro “Alienated America”.

Portanto, conte às pessoas que a crença na ressurreição é algo bom. Conte suas experiências com Cristo e comece a enumerar histórias inspiradoras. Mostre como a fé melhora as pessoas. Fale sobre os benefícios da Missa e da Confissão. Mas diga alguma coisa a alguém. Foi Jesus que pediu!

Via Aleteia