Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Estar em casa é também voltar para a nossa Galileia

20999-2

Neste dias de quarentena por conta da pandemia da covid-19, vimos e ainda estamos vendo informações de todos os tipos circulando pelos meios de comunicação e pelas redes sociais. Dessas informações, algumas que nos chamaram à atenção foram as que davam dicas do que fazer em casa nestes dias. Estávamos tão acostumados a uma rotina frenética de atividades externas, que, agora, precisamos reaprender, às vezes até recorrendo a especialistas, a estar em casa.

Não sabíamos mais o que era isso. Parecia que estar em casa vinha se tornando como estar num local de pouca intimidade, um lugar para passarmos algumas horas do dia, fazendo poucas atividades, enquanto nossa vida mesmo estava lá fora: trabalhos, estudo, missões, lazer… tudo estava lá. Talvez isso, de certa forma, estivesse nos roubando também o olhar para dentro, olhar para nós mesmos, para o que temos, e vermos que pessoas estávamos sendo e qual é real o objetivo da nossa vida. Qual é o convite de hoje?

Tempo de ficar em casa e voltar às origens

Dentre as várias transformações que essa pandemia tem nos convidado a viver, uma delas é voltarmos para nós mesmos. São Mateus, no seu Evangelho, narra que, ao aparecer para Madalena, Cristo pede a ela que avise aos discípulos para se encontrarem com Ele na Galileia: “Disse-lhes Jesus: Não temais! Ide dizer aos meus irmãos que se dirijam à Galileia, pois é lá que eles me verão” ( Mt. 28,10). Ou seja, o Senhor quer se reencontrar com os discípulos no lugar onde a missão deles se iniciou. Talvez Jesus quisesse dizer para eles que era tempo de recomeçar a partir das origens, para rever o que foi feito, realizando-o, agora, de maneira nova.

Ali, na Galileia, após a morte de Jesus, Pedro voltou a pescar mesmos depois de tudo o que já tinha vivido com o Senhor ( Cf. Jo. 21,3). Cristo sabia que os discípulos precisavam ser relembrados do que tinham vivido com Ele naquela região de origem. Estando com eles na Galileia, o Ressuscitado lembra a Pedro que o alvo da sua pesca era outro. Trazendo essa palavra para a nossa situação, recordo-me das notícias de pessoas que, neste tempo do novo coronavírus, foram para o campo ou se deslocaram para o interior, a fim de se isolar. Lembro de pessoas que, como eu, se incomodaram um pouco por ter que parar bruscamente sua rotina; e penso nesta volta à Galileia proposta por Jesus.

Considero que, mais do que ficar em casa, este é um tempo de voltar às nossas origens, voltar para as coisas que nos definem. É olhar a nossa volta e ver aquilo que fala de nós mesmos e da nossa missão. É tempo de ouvir novamente a voz de Deus, a nossa própria voz e as vozes dos que estão ao nosso redor. Voltar para casa pode ser a oportunidade de analisar como recomeçar a nossa vida, que recursos interiores precisamos para ir adiante e com quais pessoas podemos contar. Voltar para casa é ouvir a atualização dos planos de Deus a nosso respeito. O Senhor tem grandes projetos para nós e não conseguimos alcançá-los sem recalcular o rota, rever os nossos próprios objetivos e propósitos, ajustando-os ao que Ele pensou para nós.

São inúmeras as passagens bíblicas do Antigo Testamento em que Deus chama seu povo a voltar para Ele. E só volta para o Senhor quem consegue, antes, voltar para si mesmo. Talvez não tenhamos nos afastado muito dele; porém, se nos afastamos da nossa casa interior, é indício de que, possivelmente, nos afastamos de Deus, já que é lá, dentro de nós, que Ele nos fala ao coração. Talvez seja o tempo de voltarmos para nossa Galileia, e estarmos em casa é uma condição favorável para isso. Hoje, mesmo o Senhor quer se encontrar conosco. Foi da Galileia que Jesus também enviou Seus apóstolos (Cf. Mt. 28,19). Certamente, da sua casa, Ele quer enviá-lo a ser nova criatura no mundo após essa experiência de isolamento. Ao ficar em casa, não perca esse momento de voltar para quem você é.

Por Elane Gomes, via Canção Nova

2020-04-17T09:53:14-03:0017/04/2020|
Abrir chat
Powered by