catedral-logo

4º Domingo da Páscoa Domingo do Bom Pastor

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

O 4º Domingo da Páscoa é denominado Domingo do Bom Pastor, pois nele sempre se proclama um trecho do capítulo 10º do Evangelho segundo João, que nos apresenta Jesus como o Bom Pastor. A cada ano, são destacados traços do Bom Pastor que nos motivam a colocar nele a nossa fé, deixando-nos por ele conduzir, e a segui-lo fielmente, escutando a sua voz. O trecho, hoje proclamado (Jo 10,11-18), retrata Jesus, o Bom Pastor, destacando as seguintes características: a) Ele dá a vida por suas ovelhas, fazendo isso, livremente e não obrigado ou por interesse, como faz o mercenário; b) Ele defende o seu rebanho do “lobo” que ameaça devorá-lo; c) Ele conhece as suas ovelhas; d) sai em busca das ovelhas que não estão no redil; e) reúne as suas ovelhas formando um só rebanho. A doação da vida do Bom Pastor se manifesta, de modo especial, na cruz. Neste Tempo Pascal, nós estamos celebrando a vitória do Pastor – Cordeiro imolado, que vence a morte e nos dá a vida. Nós voltamos o nosso olhar e o nosso coração para Ele, com confiança, procurando escutar a sua voz e imitar as suas atitudes.

As ovelhas do rebanho de Cristo deixam-se conduzir por ele, pois confiam naquele que dá a vida para que todos tenham a vida. Entretanto, não se pode pertencer ao rebanho aceitando apenas o Pastor. Aqueles que seguem o Bom Pastor devem aceitar também as demais ovelhas do rebanho, os outros discípulos, como irmãos a serem amados. O discípulo e ovelha do rebanho deve ser sempre discípulo em comunhão. Por isso, valorize a sua comunidade e participe da vida da Igreja, especialmente, neste Tempo Pascal.

No Domingo do Bom Pastor, nós somos convidados a rezar especialmente por aqueles que colaboram no pastoreio do rebanho de Jesus, o Bom Pastor, prolongando a sua presença e missão através do sacerdócio e da vida religiosa. Por isso, a cada ano, neste Domingo, celebramos a Jornada Mundial de Oração pelas Vocações Sacerdotais e Religiosas.  Lembremos, hoje, que o cultivo das vocações sacerdotais e religiosas é dever da inteira comunidade dos fiéis, a começar pela oração permanente pelas vocações. Agradecemos a todos os que se dedicam ao serviço vocacional em nossa Igreja, especialmente, aos formadores, aos animadores da Pastoral Vocacional e aos que contribuem para a Obra das Vocações Sacerdotais. Necessitamos de maior ajuda espiritual e material, especialmente, na sustentação de nossos Seminários. Nesta Jornada Mundial de Oração, rezemos pelos nossos padres, religiosos, seminaristas e vocacionados, para que sejam fiéis, seguindo o exemplo de Jesus, o Bom Pastor, e deixando-se por Ele conduzir.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat