catedral-logo

5º Domingo do Tempo Comum – 10/02/2019

Avance para águas mais profundas

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

O Evangelho segundo Lucas, que estamos lendo nos Domingos deste Tempo Comum, nos relata uma situação vivida pelos discípulos de Jesus que ilumina muito a vida dos cristãos de qualquer época (Lc 5,1-11). Na primeira cena, os discípulos, que eram pescadores, estavam desistindo de pescar. Fala-se de “barcas paradas”, de “pescadores que haviam desembarcado e lavavam as redes”, porque, segundo Simão Pedro, trabalharam a noite inteira e nada pescaram. Esta situação faz pensar em muitas outras que ocorrem na vida das pessoas, mas que se aplica especialmente à missão pastoral e evangelizadora, pois a pesca é símbolo da missão. Diante das dificuldades e aparentes insucessos que ocorrem na ação pastoral, é grande o risco de querer desistir.  Contudo, a história contada pelo Evangelho se conclui de modo bastante diferente, falando de barcas e redes cheias de peixes e de pescadores admirados com tamanho resultado. O que aconteceu para que a situação mudasse tanto?

Jesus entrou na barca de Simão e passou a orientar a pesca, dizendo-lhe, primeiramente: “avance para águas mais profundas”. Ao invés de desistir, era preciso avançar, deixando a comodidade da margem. Acomodação não condiz com pesca frutuosa. Simão deveria avançar, assim como cada um dos discípulos, mas lançar as redes deveria ser tarefa a ser assumida em conjunto. Por isso, na segunda parte da frase, Jesus utiliza o plural, afirmando: “lancem as redes para a pesca”.

Simão, que era pescador experiente, não via razão para continuar a pesca, porém, se dispõe a lançar as redes, por causa da palavra de Jesus. Um pescador certamente teria dificuldade de aceitar, em assunto de pesca, a palavra de um carpinteiro, como era conhecido Jesus. Naquele episódio, Simão Pedro demonstra ver em Jesus mais do que um carpinteiro, chamando-o de “Mestre” e, depois, de “Senhor”. Ele expressa confiança em Cristo, ao responder “em atenção à tua palavra”.  E “assim fizeram”, afirma o Evangelho, isto é, cumpriram a palavra de Jesus.

“Não tenha medo”, afirma Jesus a Simão. Ao invés do medo que paralisa, a fé em Cristo leva a agir e a superar, com coragem, as dificuldades que surgem, perseverando na missão. Quem confia em Jesus, jamais se desespera.

Hoje, perante tantos desafios, é preciso reaprender a lição que o Evangelho nos transmite. Ao invés de desistir de “lançar as redes”, é preciso avançar: com fé em Jesus Cristo, confiando em sua palavra, cada um fazendo a própria parte e buscando sempre trabalhar juntos. E, acima de tudo, nunca desistir do caminho do bem e da verdade, mas permanecer fiel, vivendo da fé em Cristo e do cumprimento de sua palavra.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat