catedral-logo

Ascensão do Senhor

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

 

A solenidade da ascensão do Senhor tem uma especial importância na liturgia e na vida. Na liturgia, ela integra o Tempo Pascal. Nós celebramos o mistério da fé que professamos ao rezar o Credo: creio que “Jesus ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos Céus, está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso”. Num tempo em que muitos vivem apegados demais a este mundo, a Ascensão adquire uma importância ainda maior na vida, pois nos convida a olhar para o alto, a caminhar em direção ao céu, assumindo responsavelmente a vida na terra. Os discípulos de Cristo não tem morada permanente neste mundo. Vivem da fé, testemunham a fé em Cristo, através do amor ao próximo, peregrinando para a morada eterna preparada por Jesus. Nós olhamos para o futuro com a esperança que vem daquele que venceu a morte.

O olhar para o céu não implica em ficar parados. O anjo questiona os discípulos que ficam “parados” olhando para o céu. O olhar para o céu não nos deve levar a descuidar de nossa vida na terra; o olhar para o futuro que nos aguarda não nos deve levar a descuidar do presente. Ao contrário, a esperança da vida plena no céu deve nos motivar a viver bem a vida neste mundo. No relato da Ascensão, conforme os Atos dos Apóstolos, os anjos perguntaram aos apóstolos: “Homens da Galileia, por que ficais aqui parados olhando para o céu?” (At 1,11). Os discípulos de Jesus não podem “ficar parados”, olhando para o céu. O olhar para o céu deve nos levar a caminhar, cumprindo a missão que Jesus deixou, hoje proclamada no Evangelho: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o evangelho a toda criatura!” (Mc 16,15). Em resposta à palavra de Jesus, “os discípulos então saíram e pregaram por toda a parte” (Mc 16,20).

Hoje, somos nós, os discípulos que devem continuar a anunciar e a testemunhar o Evangelho na vida cotidiana e através dos meios de comunicação social. Por isso, celebra-se, neste Domingo, o Dia mundial das Comunicações Sociais. Em sua mensagem para este dia, o Papa Francisco nos alerta a respeito das “fake news” nas redes sociais. É preciso redobar o cuidado com notícias falsas, com informações deturpadas e comentários agressivos, especialmente nas redes sociais. Elas deveriam ser espaços de testemunho da fé, da fraternidade e da paz, aproximando as pessoas na verdade e na caridade.

Estamos iniciando a preparação para Pentecostes, a ser celebrado no próximo domingo, e a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Preparando Pentecostes, rezemos pela unidade dos cristãos para que se realize cada vez mais entre nós a súplica de Jesus ao Pai: “Que todos sejam um!” (Jo 17,21). Neste domingo, de modo especial, nós rezamos também pelas mães, confiando-as à proteção de Maria, a Mãe de Jesus e Mãe de todas as mães, hoje venerada como N. Sra. de Fátima, oferecendo-lhes o nosso carinho e a nossa gratidão.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat