catedral-logo

Caminhar Alimentados Pelo Pão da Vida

caminhando “Levanta-te e come! Ainda tens um caminho longo a percorrer” (1Rs 19,7). Estas palavras foram dirigidas duas vezes ao profeta Elias. Cansado de caminhar, incompreendido e perseguido, ele estava num momento muito difícil de sua missão. O convite a caminhar é dirigido a todos nós e, de modo especial, aos que passam por provações ou estão desanimando diante dos desafios da vida. Deus jamais nos abandona! Por isso, devemos permanecer sempre unidos a ele e com ele continuar a caminhar, perseverando no caminho do bem e da verdade. Diante dos desafios, o cristão não pode se acomodar, nem desanimar. Caminhar é preciso! Caminhar com Deus, por Ele alimentados com o “Pão da Vida” (Jo 6,48), com o “pão vivo descido do céu” (Jo 6,51) que é Jesus Cristo, conforme ouvimos, continuando a meditar o capítulo 6º do Evangelho segundo João. É preciso alimentar-se para ter vida e caminhar. É preciso alimentar-se do Pão que é Cristo para ter a vida eterna. Daí, a importância da Eucaristia, conforme temos refletido à luz do Evangelho. Entretanto, para ser saciado pelo Pão da Vida, é necessário crer. O Evangelho nos fala dos que murmuravam contra Jesus, recusando-se a crer nele e, assim, rejeitavam o Pão que sacia plenamente e dá a vida eternamente.

Estamos iniciando, hoje, a Semana da Família. Como deve ser a vida da família que se alimenta do Pão que é Jesus Cristo? Na Carta aos Efésios, encontramos um verdadeiro programa da vida para as nossas famílias: a bondade, a compaixão e o perdão, em resumo, “viver no amor, como Cristo nos amou” (Ef 5,2), eliminando toda amargura, irritação, cólera, gritaria, injúrias e maldade. É importante valorizar a família, a começar da própria casa, assumindo com responsabilidade a parte que cabe a cada um para que a família esteja unida e em paz.

Na família, o pai ocupa lugar de especial importância, juntamente com a mãe.  Neste Dia dos Pais, rezemos agradecidos a Deus Pai, suplicando pelos pais que continuam a sua missão, assim como, pelos pais falecidos. Os filhos possam oferecer aos pais: as orações, o amor, o respeito, a gratidão e a busca da paz. Os pais, sustentados pelo Pão da Vida, possam oferecer aos seus filhos o pão cotidiano e, por meio da educação cristã, o pão que é Jesus Cristo.

Continuamos a viver, em todo o Brasil, o Mês Vocacional. Rezemos pelas vocações e procuremos refletir sobre como temos vivido a vocação cristã, isto é, o chamado a seguir Jesus, sendo “sal da terra” e “luz do mundo”, a começar da própria família.

+ Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat