Palavra do Pastor › 07/04/2019

D.Sergio 5º – 07/04/19 – Domingo da Quaresma

Podes ir. Não peques mais!

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

“Podes ir e, de agora em diante, não peques mais” (Jo 8, 11). É com esta palavra de Jesus que se conclui a narrativa da mulher que estava para ser apedrejada. Ao invés da condenação, das pedras e da morte, Jesus lhe oferece a graça do perdão e da vida nova. “Podes ir” significa “podes caminhar”, “podes seguir em frente”. É preciso caminhar, deixando para trás o pecado rumo a uma nova vida. Por isso, Jesus acrescenta: “não peques mais”. A mulher que estava sendo condenada experimentou a misericórdia de Jesus e, por isso, pôde “ir”. O perdão liberta, rompe as amarras do passado e permite caminhar olhando para frente. Cada vez que participamos do Sacramento da Penitência, Jesus nos diz, através da Igreja: “podes ir e não peques mais”.

Embora em outro contexto, o profeta Isaías nos convida a não ficar relembrando coisas passadas, pois Deus quer realizar coisas novas. Há coisas do passado que são motivos de alegria e louvor a Deus. Por isso, são lembradas, como faz o salmista: “Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria!” (Sl 125). Mas, há coisas negativas do passado a serem deixadas para trás, a fim de recomeçar e seguir em frente. Quando recordadas, sejam motivo de louvor a Deus pela sua misericórdia, sirvam de aprendizado e de alerta para não recair nos erros.

Para falar da sua radical mudança de vida, S. Paulo recorre à imagem de um atleta que corre rumo ao prêmio. “Esquecendo o que fica para trás, eu me lanço para o que está na frente” (Fp 3, 13), afirma ele. Contudo, apesar do esforço sempre necessário, a corrida para uma vida nova acontece pela graça de Deus, “por meio da fé em Cristo”. Por isso, Paulo afirma: “corro para alcança-lo, visto que já fui alcançado por Cristo Jesus” (Fp 3,12). O amor de Deus é graça, isto é, precede e sustenta a nossa corrida para conhecer a Cristo e viver como ele nos ensinou.

O Evangelho proclamado faz pensar também nas atitudes que temos diante dos que erram. “Quem dentre vós não tiver pecado seja o primeiro a atirar-lhe uma pedra” (Jo 8,7), afirma Jesus aos que acusavam aquela mulher. Nesta Quaresma, quem busca a misericórdia de Deus deve ser misericordioso com o próximo. Quem busca o perdão de Deus deve estar pronto também para perdoar.

Procure viver melhor este final da Quaresma. No próximo domingo, participe da Missa e da Procissão de Ramos. Colabore com a Coleta da Campanha da Fraternidade, gesto quaresmal de conversão, partilha e comunhão na Igreja, em favor dos mais necessitados. Procure viver intensamente a Semana Santa, participando especialmente das celebrações do Tríduo Pascal. Ouça a voz de Jesus: “podes ir; não peques mais!”.