catedral-logo

II Domingo do Advento

É Tempo de Conversão!

 

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

 

A Liturgia da Palavra deste Domingo do Advento ressalta a figura de João Batista, o profeta que vem preparar o povo para acolher o Messias. A ele, se aplica a profecia de Isaías a respeito do mensageiro que vem preparar o caminho para o Senhor, conforme declara o Evangelho (Mc 1,1-8). A sua mensagem expressa um dos aspectos mais importantes do tempo do Advento, a conversão, simbolizada pela cor litúrgica roxa. É tempo de conversão! O apelo à conversão está presente na Liturgia da Palavra deste domingo, desde Isaías, passando pela 2ª Carta de Pedro. “Ele não deseja que alguém se perca; ao contrário, quer que todos venham a converter-se”, afirma a 2ª Carta de S. Pedro (3,9).

Por que converter-se? Por que “preparar o caminho” e “endireitar as estradas”? O motivo da conversão é a vinda do Senhor: “Eis que o Senhor Deus vem com poder”, proclama o profeta (Is 40, 10). Esta é a “boa nova” que o mensageiro proclama sobre um alto monte: o Senhor vem, trazendo o perdão e a vida nova. A consolação anunciada por Isaías tem como razão de ser o anúncio do perdão e de um novo tempo para o povo. Por isso, a vinda do Senhor é, acima de tudo, motivo de consolação, de esperança e de vida nova. Contudo, a espera do Senhor deve ser acompanhada do esforço sincero por viver “numa vida santa e piedosa”, pois o mundo presente passa e o “dia do Senhor” chegará (2 Pd 3,10s).

A referência ao deserto, em Isaías e João Batista, faz pensar na peregrinação do Povo de Deus pelo deserto, lugar de purificação e de conversão, rumo à nova terra e à vida nova. Somos convidados a refazer o caminho do Êxodo, guiados pelo próprio Senhor que vem nos salvar, esperando “novos céus e uma nova terra onde habitará a justiça” (2 Pd 3,13). A demora da vinda do Senhor, do encontro definitivo com ele e do dia do Juízo, não deve levar-nos a descuidar da conversão e da santidade de vida, como alguns achavam: “Ele está usando de paciência para convosco”, alerta S. Pedro (3,9). Por isso, devemos viver bem este tempo de conversão, de perdão e de reconciliação que Deus nos concede, praticando a Palavra, hoje proclamada: “esforçai-vos para que ele vos encontre numa vida pura e sem mancha e em paz” (2 Pd 3,14).

Neste espírito de conversão e de feliz espera do Senhor, reze confiante, com o Salmo 84: “Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade e a vossa salvação nos concedei!”.  Ao mesmo tempo, procure discernir quais são os passos de conversão rumo à vida nova que Deus espera de você, neste Advento. Lembre-se que o perdão e a reconciliação são indispensáveis para preparar-se bem para o encontro com o Senhor, especialmente no Natal que se aproxima.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat