catedral-logo

Quem é O Maior?

Se alguém quer ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos! (Mc 9,36). Esta palavra de Jesus foi dita num momento de discussão entre os discípulos sobre quem seria o maior. A narrativa de Marcos ressalta a dificuldade deles entenderem Jesus. Enquanto Jesus falava a respeito da sua paixão e morte, isto é, da doação da própria vida pelos outros, os discípulos estavam pensando em honrarias ou privilégios, atribuídas a quem ocupasse o primeiro lugar. Sempre que alguém quer ser o maior, provoca no mínimo discussão, mas pode acabar gerando violência e dominação. Querer estar acima dos outros, buscar honrarias e privilégios, não condiz com o Evangelho anunciado por Jesus. No mundo de hoje, essa conduta pode alimentar o carreirismo e até mesmo a corrupção. Por isso, essa não pode ser jamais a atitude de quem está a serviço da comunidade ou do povo. Quando se busca grandeza e poder, coloca-se o interesse particular, pessoal ou de grupos, acima do bem dos demais, favorecendo desmandos e corrupção.

Numa passagem semelhante, Jesus acrescenta: “Eu estou no meio de vós como aquele que serve” (Lc 22,27). Lucas insere claramente esta palavra no contexto da instituição da Eucaristia e da Paixão. Na narrativa de Marcos, a palavra de Jesus a respeito de quem é o maior está relacionada ao anúncio da Paixão e Morte de Jesus, que os discípulos não conseguiam entender ou aceitar. Por isso, o que Jesus diz tem a ver claramente com a doação generosa da própria vida e o serviço humilde aos irmãos. O discípulo de Jesus é chamados a segui-lo, fazendo-se servidor, como ele. Deus se revelou na humilde manjedoura de Belém, Deus se fez servo no lava-pés e na cruz, Deus se faz presente na simplicidade do pão eucarístico. A vida de um cristão não pode ser diferente; deve ser marcada pelo serviço, pela doação de si, pela humildade e pelo amor capaz de sacrificar-se e ser fiel até o fim.

Contudo, isso não se consegue de uma vez por todas. Os discípulos foram aprendendo com Jesus, caminhando com ele, escutando-o e falando com ele, assim como devemos fazer, hoje. Os discípulos que discutiam quem seria o maior, mais tarde, derramaram o sangue por Jesus. O que aconteceu com eles? Eles viveram um longo discipulado, convivendo com Jesus; passaram pela experiência da morte e ressurreição e receberam o Espírito Santo.

Hoje, somos chamados a testemunhar a alegria de servir a Cristo, acolhendo e servindo os pequeninos, repetindo o gesto de Jesus (Mc 9,37). É a ele que acolhemos e servimos, quando gastamos nosso tempo e doamos a vida em favor dos pequenos, dos pobres e sofredores.

Sérgio da Rocha,
Arcebispo de Brasília

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat