Solenidade da Santíssima Trindade – 07.06.2020

A PALAVRA DO PASTOR

+ Dom José Aparecido Gonçalves de Almeida

A IGREJA REUNIDA PELA UNIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE

“Glória a Vós, Trindade Santíssima que sois um só Deus, antes de todos os tempos, agora e pelos séculos eternos. Amém”

Neste Domingo a Igreja celebra a Solenidade da Santíssima Trindade, e propõe “à nossa contemplação e adoração a vida divina do Pai, do Filho e do Espírito Santo: vida de comunhão e amor perfeito, origem e meta de todo o universo e de todas as criaturas, Deus” (Papa Francisco).

No Sinai (Ex. 34, 4ss.), enquanto Deus passa, Moisés o aclama com voz forte: “Senhor, Senhor! Deus misericordioso e clemente, paciente, rico em bondade e fiel”. Prostrado por terra, suplica a Deus que caminhe com o seu povo, que o perdoe e que o acolha com “propriedade sua”. No Deus da Aliança, a misericórdia e a justiça se abraçam. A revelação do Deus uno na primeira Aliança liberta o povo de Israel da idolatria dos falsos deuses e da escravidão aos que, em nome dos ídolos, pisam a dignidade humana. A Igreja sempre reconheceu que o Deus uno e trino revelado plenamente no Novo Testamento é o mesmo Deus de misericórdia que agiu com amor e com braço forte na história do primeiro Israel.

Na segunda leitura, o Apóstolo convida a comunidade cristã a alegrar-se vivendo na comunhão e na concórdia, para que o Deus do amor e da paz esteja conosco (cf. 2Cor 13,11). Saúda os irmãos de Corinto desejando que “a graça do Senhor Jesus, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos” (v. 13). Vislumbra-se aqui a Trindade Santíssima como modelo da Igreja, à qual fomos chamados para nos amar como Jesus nos amou. O amor é o sinal concreto que manifesta a fé em Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

O Papa Francisco, comentando o Evangelho dominical, salienta a natureza missionária da nossa vocação cristã. Somos todos chamados a testemunhar e anunciar a mensagem que «Deus é amor», que ele está próximo de nós, que nos ama a tal ponto que se fez homem, que veio ao mundo não para o julgar mas para que o mundo se salve por meio de Jesus (cf. Jo 3, 16-17). “A Igreja peregrina é por sua natureza missionária, pois ela se origina da missão do Filho e da missão do Espírito Santo, segundo o desígnio de Deus” (Ad Gentes n. 2). A evangelização é a dilatação do amor que nos impele em direção aos irmãos.

Quinta-feira celebraremos a Solenidade de Corpus Christi, este ano em nossas paróquias e não como de costume na Esplanada dos Ministérios. Enquanto suplicamos a Deus que nos envie um novo Arcebispo, pastor segundo o Coração de Cristo, empenhamos nossos esforços para que Igreja de Brasília permaneça unida “na unidade da Trindade”, sob a proteção de nossa Padroeira, a Senhora Aparecida.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2021 dezembro

Semana 2

seg 29
ter 30
qua 1
qui 2
sex 3
sáb 4
dom 5
seg 6
ter 7
qua 8
qui 9
sex 10
sáb 11
dom 12
seg 13
ter 14
qua 15
qui 16
sex 17
sáb 18
dom 19
seg 20
ter 21
qua 22
qui 23
sex 24
sáb 25
dom 26
seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
SITES INDICADOS
Open chat