catedral-logo

Solenidade de Cristo Rei

Cristo Rei – Ano do Laicato

+ Sergio da Rocha
Cardeal Arcebispo de Brasília

 

Estamos celebrando a solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, chegando ao final do Ano Litúrgico. Conforme o Evangelho proclamado (Mt 25,31-46), o Senhor e Rei do Universo quer ser amado e servido nos irmãos mais pobres e sofredores, representados pelos que passam fome e sede, pelos que não tem o que vestir-se, pelos enfermos, pelos migrantes e encarcerados. Jesus é um Rei diferente dos reis deste mundo e o seu Reino não se confunde com os reinos que temos visto na história. Ele é um Rei que se faz servo, lavando os pés, amando os pequenos e doando a sua vida na cruz. O seu Reino, que suplicamos ao Pai, ao rezar como ele nos ensinou, é um Reino de amor, de justiça e de paz.  O Reino é dom a ser acolhido com louvor, gratidão e responsabilidade. O critério do julgamento final está claramente definido na passagem do Evangelho, proposta para esta solenidade, fazendo-nos pensar sobre como temos amado e servido o nosso Senhor naqueles com os quais ele, de modo especial, se identifica. Os que agirem como Jesus nos ensina receberão “como herança o Reino”.

Os discípulos de Jesus são chamados a serem “sal da terra” e “luz do mundo”, a fim de que o Reino se manifeste sempre mais. A caridade, através do serviço aos que mais sofrem, torna-se sinal de que somos seus discípulos. Os cristãos leigos e leigas são chamados a serem “sal” e “luz”, vivendo e testemunhando a fé em Cristo nos diversos ambientes da sociedade, na família, no mundo do trabalho, nas escolas, na política, na economia, nos meios de comunicação e nas redes sociais., dentre tantos outros.  É muito importante a participação dos cristãos leigos e leigas na vida da Igreja, atuando nas pastorais, movimentos eclesiais, serviços e conselhos paroquiais. Ao mesmo tempo, se  faz cada vez mais necessário o testemunho dos fiéis leigos e leigas nos diversos campos da vida social, a fim de serem “sal da terra” e “luz do mundo”, numa “Igreja em saída”, como tem insistido o Papa Francisco.

A fim de valorizar e promover cada vez mais a vocação e a missão própria dos cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade, os Bispos do Brasil, reunidos em Assembleia Geral, aprovaram um documento intitulado “Cristãos leigos e leigas na Igreja e na sociedade – Sal da Terra e Luz do Mundo,” e estabeleceram o Ano do Laicato, que tem início neste domingo e se estende até a próxima solenidade de Cristo Rei. O Ano do Laicato tem como tema “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na Igreja em saída, a serviço do Reino” e como o lema “Sal da terra e Luz do mundo”.  Unidos a toda a Igreja no Brasil, a abertura do Ano do Laicato está acontecendo, neste domingo, na Catedral e em todas as Paróquias da Arquidiocese de Brasília.  Rezemos e nos empenhos para que o Ano do Laicato produza muitos frutos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print
ATUALIDADES
AGENDA

2022 janeiro

Semana 5

seg 27
ter 28
qua 29
qui 30
sex 31
sáb 1
dom 2
seg 3
ter 4
qua 5
qui 6
sex 7
sáb 8
dom 9
seg 10
ter 11
qua 12
qui 13
sex 14
sáb 15
dom 16
seg 17
ter 18
qua 19
qui 20
sex 21
sáb 22
dom 23
seg 24
ter 25
qua 26
qui 27
sex 28
sáb 29
dom 30
seg 31
ter 1
qua 2
qui 3
sex 4
sáb 5
dom 6
SITES INDICADOS
Open chat