Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

O desafio de pessoas que passam pela experiência da perda

Cuidar das necessidades espirituais de pessoas que passam pela experiência da perda – viúvas e viúvos, separados e separadas e quem está em luto – foi tema de uma reunião da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) com o grupo “Fica Conosco Senhor” (Lc 24, 29), de Guarulhos (SP), que desenvolve um trabalho de apoio a homens e mulheres que vivem essa realidade.

O movimento nasceu da união de agentes da Pastoral Familiar que passaram pelo estresse emocional causado pela dor da separação ou pela dor morte e que não sabiam como lidar. Uma das coordenadoras, Célia Silva, diz que o grupo nasceu para que os integrantes se ajudassem dede forma reciproca, dividindo experiências e vivência de fé.

“É uma necessidade fazer o acompanhamento dessas pessoas”, explicou o assessor da Comissão, padre Jorge Alves Filho.

A partir dessa reunião, a Comissão, que possui um setor de Casos Especiais da Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), começa a trabalhar na realização um Encontro Nacional sobre a temática e o grupo “Fica Conosco Senhor” passa a ter o apoio da CNPF.

Na reunião, estiveram presentes o assessor da Comissão, padre Jorge Alves Filho; o casal coordenador nacional da Pastoral Familiar, Khátia e Luiz Stolf; o casal coordenador do Regional Sul 1, Osmarina e Benedito Antonio Baldon (Toninho); e os assessores eclesiásticos dos regionais Sul 1, padre Pedro Luís da Silva Rúbio, e Sul 3, padre Edson Pereira, este que acompanhará o grupo. Além da Célia, Ângela e Cerci, que já desenvolvem o trabalho em São Paulo.

Por CNBB

2018-03-02T14:34:57-03:0002/03/2018|
Abrir chat
Powered by