Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

O extraordinário no ordinário da vida

heart-3147976-640

Santo Agostinho nos deixou como herança espiritual muitas coisas, porém confesso que essa frase resume o essencial na vida de qualquer cristão: “Ame e faça o que quiser”. Comecemos essa reflexão com essas duas perguntas: Eu sei o que significa, de fato, o verbo AMAR? Como tenho tentado conjugar esse verbo na minha vida?

Perdemo-nos em meio a tantas coisas para fazer, tantos projetos, tantas informações que chegam, e independentemente se são verdadeiras ou não, muitas vezes, perdemos facilmente a paz interior e mais ainda a direção. A busca por viver experiências extraordinárias nos leva a perder, às vezes, a graça da contemplação no ordinário da vida.


A vida é simples

Infelizmente, até mesmo para amar achamos que se faz necessário grandes ações, presentes caros, lindas palavras, mas nada como o simples fato, daquilo que se apresenta na minha vida hoje, com aqueles que estão ao meu lado, de tentar me superar, ir além das minhas dificuldades, lançando-me no que em mim é autêntico praticar o amor nas realidades mais simples da minha vida.

Escrevendo esse texto, sou o primeiro a me questionar, e perceber que lavando uma louça, limpando a minha casa, cuidando da minha família, fazendo uma ligação a quem está distante e talvez necessitado, exerço a graça do extraordinário que se manifesta na simplicidade.

“O verbo se fez carne e habitou entre nós” (Jo 1,14). Deus é amor e se faz presente em cada ação que pratico com amor, tudo o que vai muito além do sentimento, e que se encarna, muitas vezes, em um ser repleto de limitações, porém, aberto para que o amor se manifeste.

Rastros de Céu

“Compreendi que o amor englobava todas as vocações, que o amor era tudo.” Santa Teresinha entendeu, desde muito cedo em sua vida, que não eram necessárias grandes coisas para mudar o mundo ao seu redor. O amor, quando vivido de forma autêntica, deixa por onde passa rastros de céu, rastros de eternidade que saciam a fome e sede que tantas pessoas nas ruas, em nossas casas, trazem em si.

Não sei o que você está vivendo neste momento, se está trabalhando em casa, se está desempregado, com alguma enfermidade, sem esperança. Pare agora mesmo, pense um pouco na sua vida e deixe-se ser contagiado novamente pela alegria da vida, da esperança, do amor que vai muito além das palavras. A sua vida, por mais simples que seja, com todas as situações de luz ou de trevas, pode revelar uma graça extraordinária.

Se não sabe o que fazer a partir da leitura deste texto, eu lhe deixo uma dica: ore e peça a Deus a graça de crescer na intimidade com Ele, e através dessa intimidade mudar o mundo ao seu redor.

Ame e faça o que quiser!

Por Saulo Macena, via Canção Nova

2020-08-26T09:51:06-03:0026/08/2020|
Abrir chat
Powered by