Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Papa encoraja governantes a dar passos para abolir pena de morte

O Papa Francisco enviou, na quarta-feira, 27, aos participantes do VII Congresso Mundial contra a pena de morte, que acontece em Bruxelas, na Bélgica, até sexta-feira.

Na mensagem, Francisco destacou como um sinal positivo o fato de mais e mais países apostarem na vida e não mais usarem a pena de morte, ou a eliminarem completamente de sua legislação.

Ele lembrou que a pena capital é uma violação grave do direito à vida que toda pessoa tem. “A vida humana é um presente que recebemos, a fonte mais importante e primária de todos os outros presentes e todos os outros direitos (…) toda vida é boa e sua dignidade deve ser guardada sem exceção”.

O Papa destacou que, embora seja verdade que as sociedades enfrentem com frequência crimes muito graves que ameaçam o bem comum e a segurança das pessoas, atualmente existem outros meios para reparar o dano causado.

Francisco afirmou que a Igreja sempre defendeu a vida e sua visão da pena de morte amadureceu. Em 2018, o Pontífice pediu a alteração do parágrafo 2267 do Catecismo da Igreja Católica relativo à pena de morte, cuja nova redação sublinha a rejeição total desta prática.

“Durante muito tempo, a pena de morte foi considerada como uma resposta adequada à gravidade de alguns crimes e também para proteger o bem comum. No entanto, a dignidade da pessoa não se perde, mesmo que tenha cometido o pior dos crimes. Ninguém pode tirar sua vida e privá-lo da oportunidade de abraçar novamente a comunidade que ele feriu e fez sofrer”, defende o Papa.

Ele destacou ainda que o objetivo da abolição da pena de morte em todo o mundo representa uma afirmação corajosa do princípio da dignidade da pessoa humana e da convicção de que a raça humana pode enfrentar o crime, bem como rejeitar o mal, oferecendo ao condenado a possibilidade e tempo para reparar o dano cometido, pensar sobre sua ação e, assim, ser capaz de mudar sua vida, pelo menos internamente.

O Papa terminou a videomensagem encorajando os participantes do encontro, bem como aos governantes, para que sejam dados os passos necessários para a abolição total da pena de morte.

Via Canção Nova

2019-02-28T09:27:48-03:0028/02/2019|
Abrir chat
Powered by