Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Papa lança campanha da Caritas para acolhida de migrantes e refugiados

O Papa Francisco lançou oficialmente nesta quarta-feira, 27, a campanha da Caritas Internacional “Compartilhe a viagem”, para promover a acolhida dos migrantes e dos refugiados por meio da partilha das suas esperanças. Foi justamente com um gesto simbólico – os braços abertos – que o Papa fez o lançamento.

Ao final da catequese, o Pontífice recordou que é o próprio Cristo que pede para as pessoas acolherem seus irmãos e irmãs migrantes e refugiados com os braços bem abertos. “Justamente assim – gesticulou o Papa – com os braços bem abertos, prontos a um abraço sincero, afetuoso e envolvente, um pouco como esta colunata da Praça São Pedro, que representa a Igreja mãe que abraça todos na compartilha da viagem comum”.

Pelo twitter, o Santo Padre também impulsionou a campanha utilizando a hashtag oficial “#ShareJourney”: “Compartilhemos sem medo o caminho dos migrantes e dos refugiados. #ShareJourney”, postou hoje em sua conta “@Pontifex_pt”. 

Francisco deu as boas-vindas aos refugiados presentes na Praça São Pedro e agradeceu aos agentes da Caritas Internacional pelo empenho para realizar um abaixo-assinado para pedir uma nova lei migratória mais pertinente ao contexto atual.

Na reflexão durante a catequese, que mais uma vez foi dedicada à esperança cristã, Francisco também mencionou a campanha. Ele destacou que a esperança é o impulso para “partilhar a viagem” da vida. “Irmãos, não tenhamos medo de partilhar a viagem! Não tenhamos medo de compartilhar a esperança!”, disse.

A esperança, conforme explicou o Papa, é um impulso no coração tanto de quem parte em busca de uma vida melhor quanto de quem acolhe essas pessoas. “A esperança é o impulso no coração de quem parte deixando a casa, a terra, às vezes familiares e parentes, para buscar uma vida melhor, mais digna para si e para os próprios familiares”, mas é também “ o impulso no coração de quem acolhe, o desejo de encontrar-se, de conhecer-se, de dialogar”.

Em carta divulgada na época do anúncio da campanha, o presidente da Caritas Internacional, Cardeal Luis Antônio Tagle, explicou que a proposta da Caritas é contribuir para que a sociedade compreenda as razões que levam tantas pessoas a deixar a própria casa, o país de origem, neste momento da história.

“Também queremos inspirar as comunidades a estabelecer relações com os refugiados e imigrantes. A imigração é uma história muito antiga, mas nossa campanha tem o objetivo de ajudar as comunidades a enxergá-la com novos olhos e com um coração aberto”, acrescentou o cardeal.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

2017-09-27T13:27:33-03:0027/09/2017|
Abrir chat
Powered by