Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Presidência da CNBB se encontra com o Papa no Vaticano

O Papa Francisco recebeu em audiência nesta quinta-feira, 19, a presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Estiveram com o Santo Padre o Cardeal Sérgio da Rocha, presidente da entidade, Dom Murilo Krieger, vice-presidente, e o secretário-geral, Dom Leonardo Steiner.

Em entrevista, Dom Sérgio explicou o tema central do encontro nesta que foi uma semana importante para a Igreja no Brasil, com a canonização dos primeiros mártires do país e o anúncio do Sínodo para a região Pan-Amazônia.

“Antes de tudo, o encontro teve como escopo agradecer ao Papa Francisco pelo Sínodo para a Amazônia; as canonizações e pelo seu acolhimento sempre tão paterno e fraterno. Além disso, falamos como sempre da Igreja no Brasil, sobretudo das nossas esperanças a respeito do próximo Sínodo da Juventude, mas também, de modo particular, com relação à contribuição do Sínodo para a Amazônia”.

Dom Sérgio acrescentou que o encontro com o Papa é sempre um momento de grande alegria, um momento agradável em que a comunhão entre eles cresce sempre mais. “O Papa, como sempre, nos acolhe de modo verdadeiramente belo e generoso”, disse.

O presidente da CNBB destacou ainda o interesse do Papa pelas questões eclesiais e sociais do Brasil. “O Papa sempre tem a esperança que nós – a Conferência Episcopal: a Igreja no Brasil – possamos continuar a ajudar o país a construir a justiça, a justiça social, a paz, sobretudo o serviço para com os mais pobres e as pessoas que sofrem”, finalizou.

Esta foi a terceira vez que esta presidência da CNBB se reuniu com o Papa Francisco.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano em italiano

2017-10-20T07:57:51-03:0020/10/2017|
Abrir chat
Powered by