Horário de Funcionamento e Visita
Segunda-feira: das 08h às 17h
Terça e Sexta-feira: das 10:30h às 17h (limpeza da Nave Central das 08h às 10:30h)
Quarta, Quinta Sábado e Domingo: das 08h às 17h
Hours of Operation and Visit
Monday: 8am at 5pm
Tuesday and Friday: 10:30 - 17: 00 (cleaning of the Central Ship from 08:30 - 10:30)
Wednesday, Thursday Saturday and Sunday: from 08h to 17h
Horários de Funcionamento na Pandemia
Segundas: fechada
De terça a sexta: das 08h às 12h15 (inicio da missa) depois fecha.
Sábados: das 08h às 17h (inicio da missa)
Domingos: das 09 às 12h e das 16h às 18h (inicio da missa)

Vaticano oficializa visita do Papa à Colômbia em setembro

O Vaticano confirmou nesta sexta-feira que o Papa Francisco fará mais uma viagem à América Latina, desta vez o país de destino será a Colômbia, nos dias 6 a 11 de setembro deste ano.

“Acolhendo um convite do presidente da República e dos bispos colombianos, Sua Santidade o Papa Francisco vai realizar uma viagem apostólica à Colômbia”, informou a vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé, Paloma García Ovejero, em uma nota divulgada pela internet.

Segundo a Santa Sé, o Pontífice visitará as cidades de Bogotá, Villavicencio, Medellín e Cartagena e o programa oficial será publicado “proximamente”.

O Núncio Apostólico na Colômbia, Dom Ettore Balestrero, também anunciou a viagem do Santo Padre durante uma coletiva de imprensa hoje, da qual participaram o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, o presidente da Conferência Episcopal, Dom Luis Augusto Castro Quiroga, e o Arcebispo de Bogotá, Cardeal Rubén Salazar.

Durante a coletiva, o Núncio leu o comunicado da Santa Sé e agradeceu ao Papa por aceitar o convite que os bispos da Colômbia fizeram. Além disso, recordou que foram muitos os colombianos que escreveram ao Episcopado pedindo a visita do Papa.

O próprio Papa Francisco já havia afirmado que a Colômbia estava entre os seus destinos de viagens internacionais deste ano em uma entrevista que concedeu ao jornal alemão Die Zeit, publicada nesta semana.

“Na Rússia não posso ir porque deveria ir também à Ucrânia. O importante seria ir ao Sudão do Sul – coisa que não acredito possa fazer. Estava em programa ir aos dois Congos: com Kabila as coisas não estão bem, acredito que não possa ir: mas irei sim, à Índia, Bangladesh, seguramente, Colômbia, depois de um dia em Portugal”, disse o Santo Padre, ao ser questionado de visitaria a Alemanha, a China e a Rússia.

Esta seria a quinta viagem à América Latina do Papa Francisco, quem já realizou até hoje 17 viagens internacionais. A próxima que o Pontífice fará será a Fátima, Portugal, em maio deste ano, por ocasião do centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima. 

Por ACI Digital

2017-03-10T15:08:13-03:0010/03/2017|
Abrir chat
Powered by